Crítica Genética

Abaixo, fichamentos e resenhas sobre o tema:

BIASI:

Biasi, Pierre – Marc de. A genética dos textos. Tradução: Marie Hélene Paret Psssos. Porto Alegre: EDIPUC RS, 2010., p. 39-45.

BIASI, Pierre-Marc de. Análise dos manuscritos: princípios e métodos. In: __________. A genética dos textos. Tradução de Marie-Hélène Paret Passos. Porto Alegre: EDIPUCRS, 2010. p. 67-81.

BIASI, Pierre-Marc de. As edições genéticas. In: BIASI, Pierre-Marc de. A genética dos textos. Porto Alegre: EDIPUCRS, 2010. p. 91-109.

BIASI, Pierre-Marc de. O Horizonte Genético. IN: ZULAR, Roberto (org.) Criação em Processo – Ensaios de crítica Genética. São Paulo: Iluminuras, 2002. p. 219-252.

ANASTÁCIO:

CARVALHO, Isaías; ANASTÁCIO, Sílvia. A síndrome da cadela rosada. In: IX Seminário Nacional mulher e literatura, Belo Horizonte: Universidade Federal de Minas Gerais, 2001, p. 1-8.

ANASTÁCIO, Sílvia Maria Guerra; GÓES, Sirlene Ribeiro. Crítica genética e legendagem fílmica: retrilhando um percurso genético a partir de um dossiê digital. Manuscrítica n. 25, 2013. p. 184-197.

ANASTÁCIO, Sílvia; SILVA, Célia. Uma visão sistêmica do processo criador. Manuscrítica n. 17, 2010. p. 44-50.

CHARTIER, Roger. A mão do autor: arquivos literários, crítica e edição. Disponível em: http://www.casaruibarbosa.gov.br/escritos/03/FCRB_Escritos_3_1_Roger_Chartier.pdf. p. 7 – 22. Acesso em 20 ago. 2018.

BARBOSA:

BARBOSA, Elisabete da Silva. O estudo do processo criativo do poema The Armadillo a partir de categorias espaciais. In: Tabuleiro de Letras. UNEB, 2017.

BARBOSA, Elisabete da Silva. O estudo do processo criativo do poema The Armadillo a partir de categorias espaciais. In: Tabuleiro de Letras. UNEB, 2017.

CIRILLO:

CIRILLO, José. Arqueologias da criação: Tempo e memória nos documentos de processo. In: GRANDO, Angela; CIRILLO, José. Arqueologias da criação: estudos sobre o processo de criação. Belo Horizonte: Arte, 2009. p. 16-28.

CIRILLO, José. Arqueologias da criação, In CIRILLO, José; BEZERRA, Ângela (org.). Arqueologias da criação: estudos sobre o processo de criação. Belo Horizonte: C/Arte, 2009, p. 13-40.

CISMONDI:

CISMONDI, Carolina. Investigarse en escena: sobrela doble inscripción de actriz-investigadora. In: SALLES, Cecília; ANASTÁCIO, Sílvia Maria Guerra (Org.). Estudos de Processo no Século XXI: Multilinguismo, multimídia e multi-verso. Salvador: EDUFBA, 2017, 11p. (no prelo).

COOK:

COOK, Eleonor. Land, Water, Fire, Air: Two Poems. In: Elizabeth Bishop at work. Cambridge, Massachusettss: Harvard University Press, 2016, p. 11-35.

CRASSON:

CRASSON, Aurèle. Arquivos de manuscritos literários: a contribuição do digital para a edição e a pesquisa científica. In: ANASTÁCIO, Sílvia; PASSOS, Marie Hélène; ROMANELLI, Sérgio; SOARES, Noêmia (Org.). Processos de criação interartes e edições eletrônicas. São Paulo: Horizonte, 2014. p. 191-197.

CRASSON, Aurèle. Arquivos de manuscritos literários: a contribuição do digital para a edição e a pesquisa científica. IN: ANASTÁCIO, Sílvia Maria Guerra et al (org.) Processo de criação interartes: cinema, teatro e edições eletrônicas. Tradução de Sandra Corrêa, Sílvia Anastácio e Takiko do Nascimento. Vinhedo: Editora Horizonte, 2014. p. 191-197.

DUARTE:

DUARTE, L.F. A Fábrica Dos Textos. Ensaio de Crítica Textual acerca de Eça de Queiroz. Lisboa. Cosmos,1993.

FERRER:

FERRER, Daniel. A crítica genética do século XXI será transdisciplinar, transartística e transemiótica ou não existirá. IN: Zular, Roberto (org.). Criação em Processo – Ensaios de Crítica Genética. São PAulo: Iluminuras, 2002. p. 203-217.

GRÉSILLON:

GRÉSILLON, Almuth. Outros horizontes teóricos. In: Elementos de Crítica Genética. Ler os manuscritos modernos. Porto Alegre: UFRGS, p. 214-231.

GRÉSILLON, Almuth. Alguns pontos sobre a história da Crítica Genética. Estudos Avançados. São Paulo, USP, 1991, p. 7-18.

GRÉSILLON, Almuth; THOMASSEAU, Jean-Marie. Cenas de gêneses teatrais. In: ANASTÁCIO, Sílvia Maria Guerra et al (Org.). Processo de criação interartes: cinema, teatro e edições eletrônicas. Tradução de Luciano Tayrovitch, Sílvia Anastácio e Takiko do Nascimento. Vinhedo: Editora Horizonte, 2014. p. 117-136.

GRÉSILLON, Almuth. O manuscrito moderno: objeto material, objeto cultural, objeto de conhecimento. In: __________. Elementos de Crítica Genética: ler os manuscritos modernos. Porto Alegre: Editora da UFRGS, 2007. p. 51-145.

GRÉSILLON, Almuth. O manuscrito moderno: objeto material, objeto cultural, objeto do conhecimento. In: GRÉSILLON, Almuth. Elementos de crítica genética: ler os manuscritos modernos. Tradução Cristina de Campos Velho Birck et al. Porto Alegre: Editora da UFRGS, 2007. p.51-96.

GRÉSILLON, Almuth. O manuscrito moderno: objeto material, objeto cultural, objeto do conhecimento. In: GRÉSILLON, Almuth. Elementos de crítica genética: ler os manuscritos modernos. Tradução Cristina de Campos Velho Birck et al. Porto Alegre: Editora da UFRGS, 2007. p.97-123.

GRÉSILLON, Almuth. O manuscrito moderno: objeto material, objeto cultural, objeto do conhecimento. In: GRÉSILLON, Almuth. Elementos de crítica genética: ler os manuscritos modernos. Tradução Cristina de Campos Velho Birck et al. Porto Alegre: Editora da UFRGS, 2007. p.123-146.

GRÉSILLON, Almuth. Como ler e interpretar os dossiês genéticos? IN: GRÉSILLON, Almuth. Elementos de crítica genética: ler os manuscritos modernos. Tradução Cristina de Campos Velho Birck et al. Porto Alegre: Editora da UFRGS, 2007. p.214 – 231. Capítulo: 189-231.

LOVE:

LOVE, Harold. Attributing authorship. Cambridge: Cambridge University Press, 2002.

MUSSO:

MUSSO, Pierre. A filosofia da rede. In: PARENTE, André (Org.). Tramas da rede. Porto Alegre: Sulina, 2004. p. 17-38.

PASSOS:

PASSOS, Marie-Hélène Paret. Crítica genética, tradução literária e performatividade: quando escrever é fazer. Disponível em: <http://www.item.ens.fr/index.php?id=577823>. Acesso em 23 fev 2015.

D’IORIO:

D’IORIO, Paolo. O que é uma edição genética digital. In: ANASTÁCIO, Sílvia; PASSO, Marie Hélène; ROMANELLI, Sérgio; SOARES, Noêmia (Org.). Processo de criação interartes e edições eletrônicas. São Paulo: Horizonte, 2014. p. 183-190.

SALLES:

SALLES, Cecilia Almeida. Crítica genética: fundamentos dos estudos genéticos sobre o processo de criação artística. São Paulo: EDUC, 2008.

SALLES,Cecilia Almeida In: ZULAR, Roberto (Org). Criação em processo: Ensaios de crítica genética. São Paulo: Iluminuras, 2002, p.177-201.

SALLES, Cecília. Crítica de processo e artistas pesquisadores. In: ANASTÁCIO, Silvia; SALLES, Cecília. A diversidade dos estudos de processo no século XXI. Salvador: EDUFBA, 2017, p. 241-251.

FICHAMENTO SALLES, Cecília Almeida. Documentários e processos de comunicação.

SALLES, Cecília Almeida. Redes dos processos de criação em grupo. In: Processos de criação em grupo. Diálogos. São Paulo: Estação das Letras e Cores, 2017, p 160 – 183.

SALLES ALMEIDA, Cecília. Processo de criação em grupo: diálogos. São Paulo: Estação das letras e cores, 2017, p. 109-121.

SALLES, Cecília Almeida. Redes dos processos de criação em grupo . In: Processos de criação em grupo.Diálogos. São Paulo: Estação das Letras e Cores,2017,p 122-159.

SALLES, Cecília Almeida. Crítica genética e semiótica: Uma interface possível. In: Criação em processo: ensaios de crítica genética. São Paulo: Iluminuras, 2002, p. 177-201. (1)

SALLES, Cecília Almeida. Crítica Genética e semiótica: Uma interface possível. IN: Criação em processo: ensaios de crítica genética. São Paulo: Iluminuras, 2001. p. 177-202. (2)

SALLES, Cecilia Almeida. Abordagens para o movimento criador. In: __________. Gesto inacabado: processo de criação artística. São Paulo: Annablume, 1998. p. 87-139.

SALLES, Cecilia Almeida. Criação como rede. In: __________. Redes da criação. Belo Horizonte: Ed. Horizonte, 2008. p. 19-38.

SALLES, Cecilia Almeida. Crítica de processo e artistas pesquisadores. In: SALLES, Cecília; ANASTÁCIO, Sílvia Maria Guerra (Org.). Estudos de Processo no Século XXI: Multilinguismo, multimídia e multi-verso. Salvador: EDUFBA, 2017, 9 p. (no prelo).

SALLES, Cecilia Almeida. Crítica Genética: Fundamento dos estudos genéticos sobre o processo de criação artística. São Paulo: Educ, Editora da PUC de São Paulo, 2008. (1)

SALLES, Cecilia Almeida. Crítica genética:  fundamentos dos estudos genéticos sobre o processo de criação artística. São Paulo: EDUC, 2008. (2)

SALLES, Cecília Almeida. Desafios da arte contemporânea, 2012 Congresso Internacional da Associação de Pesquisadores em Crítica Genética, X Edição, 2012.

SALLES, Cecília Almeida. Desdobramentos e a crítica de processo.In: Redes da criação. São Paulo: Editora Horizonte, 2008, p. 157-185.

SALLES, Cecília Almeida. Gesto Inacabado. Processo de Criação Artística. São Paulo, Fapesp. Editora: Annablume, 2008. 

SALLES, Cecília Almeida. Redes da Criação. Construção da obra de arte. São Paulo: Horizonte, 2008.

SALLES, Cecília Almeida. Curadoria de Processo. IN: _____. Arquivos de criação. São Paulo: Horizonte, 2010. p. 201-230.

SANTAELLA:

SANTAELLA, Lúcia. Abrir as Janelas: Olhar para o Mundo. In: __________. O que é semiótica. São Paulo: Brasiliense, 1996. p. 32-61.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: